Últimas postagens

Envelopamento de veículo – Conheça tudo!

Hoje em dia, a personalização dos veículos está em alta e, com isso, diversos itens dos carros sofrem modificações. Uma das partes que mais sofrem transformações é a pintura, onde passam por diferentes processos, seja de pintura no capô, teto solar de outra cor, porta diferente e até o envelopamento.

Por acaso você sabe o que significa o envelopamento? Você sabia que essa é uma das práticas mais utilizadas por aqueles que gostam de deixar os seus carros? Pois então, aproveitando que você não conhecia essa técnica, nós queremos te mostrar tudo o que envolve o envelopamento de veículo.

Só para te dar uma ideia, você conhece o Batmovel? Então, essa é a oportunidade de deixá-lo com ele.

O que é envelopamento?

Quando você ouvir falar de envelopamento de veículos, essa técnica nada mais é do que aplicar um adesivo que pode ser feito na mesma cor do carro, ou em tons diferentes, quando o proprietário deseja realizar as alterações estéticas.

É um método que tem como objetivo proteger a pintura do veículo contra danos causados pelo sol, por leves batidas ou pequenos arranhões. Sendo um material extremamente acessível, é possível que o dono do carro troque a película com mais frequência, sem ter peso no bolso.

Um detalhe importante sobre o envelopamento do veículo é que, se o dono desejar envelopar mais de 50% do veículo, é necessário que a cor da película seja a mesma que o automóvel saiu da fábrica, conforme está informando na sua documentação.

Se você não respeitar essa orientação, caso seja parado numa biltz, você certamente passará por problemas desnecessários.

Caso o envelopamento ultrapasse os 50%, essa modificação precisará ser registrada no documento de licenciamento. Mas isso só é válido para os veículos que tiveram a sua cor original alterada. Isso significa que, se você tiver um veículo prata e quiser envelopá-lo na cor prata, você não precisará de autorização para circular com ele.

Quais são os tipos de envelopamentos existentes?

Existem três tipos de envelopamentos existentes, mais utilizados. Eles são:

PVC Vinil – que é o tipo de envelopamento mais utilizado. Trata-se de um tipo de material mais barato, que passa por um processo que dá uma garantia maior conta a proteção do veículo. Esse tipo de película conta com diversos acabamentos e cores, sendo ideal para quem deseja deixar o veículo com a sua cara;

Poliuretano – é a técnica que oferece mais resistência ao veículo. Maior até que a do PVC Vinil. Feito especialmente para proteger a pintura, leves batidas e arranhões, o envelopamento de poliuretano é transparente, ou seja, ele não altera a cor original do veículo;

Envelopamento líquido – é um dos tipos de envelopamento de carros mais recente no mercado. A cobertura líquida é feita com tinta, ou seja, é uma excelente forma de eliminar o risco de uma aplicação mal feita, assim como o surgimento de bolhas. E mais, garante a proteção a riscos e raios solares, tendo o benefício de ser permitido utilizar buchas para lavar o veículo.

Leia Mais

BMW Série 7 – Tudo sobre ele!

Sempre quando existe uma conversa sobre grandes carros, o nome BMW se faz presente. Com modelos modernos, luxuosos e imponentes, a marca é uma das favoritas das pessoas que possuem recursos para comprá-la.

E, para aqueles que gostam de conhecer e saber mais sobre carros possantes e bonitos, nós iremos falar hoje sobre o BMW Série 7. Prepara-se, pois todo grande carro merece a devida atenção. E mais: trate de separar um babador, para que não molhe o dispositivo que estiver utilizando.

Vamos a ele!

BMW Série 7

Sendo tradicionalíssimo na construção de veículos voltados para o futuro, o BMW Group acredita que a melhor forma de prever o futuro é criando-o. Com isso, foi criado o BMW Série 7, aliando luxo, inovação, conforto, design e dinâmica altamente eficiente.

Design

O novo BMW Série 7 representa todo o conceito de luxo contemporâneo. Para a BMW, inovações técnicas e a qualidade dos detalhes são indispensáveis, assim como a linguagem emocional das formas e a atmosfera de bem-estar no interior. A “Technology Poetry” é a sensação de interação perfeita entre a tecnologia avançada e a sua transposição para o design.

Com proporções dinâmicas, linhas definidas e superfícies perfeitamente modeladas, o BMW Série 7 apresenta o típico design BMW na sua forma mais elegante. Com sua frente imponente e traseira poderosa, o BMW Série 7 impressiona com a sua forte presença.

Na parte de frente, a grande moldura em duplo rim confere ao BMW Série 7 uma personalidade imponente. A entrada de ar dividida em 3 zonas estende-se ao longo de toda a dianteira, o que deixa a presença mais marcante. Com tecnologia LED, os faróis adaptativos são ligados à grade através de uma barra horizontal.

O perfil lateral, com uma leve linha ascendente, apresentando elegância na silhueta. Os contornos das janelas integram-se perfeitamente à coluna Hofmeister. O vínculo lateral duplo, com puxadores das portas integrados, estende-se da frente à traseira, em duas linhas precisas.

Inovações

Com o BMW Touch Command, há a inclusão de um tablet central, com tela de 7” conectada ao veículo, que oferece diversas funcionalidades. Com o tablet, você conseguirá ajustar a posição dos bancos, ar-condicionado, ventilação e aquecimento dos bancos traseiros, luz ambiente interior, teto panorâmico e cortinas de proteção solar. Além de, obviamente, comandas as funções de entretenimento de forma fácil.

Já o BMW Gesture Control te faz acessar funções específicas com um simples movimento das mãos. Ele é um complemento de outros sistemas. A tela de controle mostra exemplos de gestos que facilitam o seu uso. O sistema fornece uma resposta acústica e visual imediata aos gestos.

O BMW Key Display fornece diversas informações sobre o veículo, permitindo selecionar as funções através de uma tela de toque integrada.

Eficiência

Com o novo motor BMW TwinPower Turbo de 8 cilindros oferece a mais pura performance, sem nenhum desperdício. O propulsor é extremamente eficiente, graças ao turbo compressor de geometria variável, injeção direta e as mais avançadas tecnologias BMW EfficientDynamics. O motor desenvolve potência de 450 cavalos de potência e torque de 650 Nm.

Leia Mais

Ar condicionado manual ou automático? Melhor opção!

Um dos maiores confortos que os veículos oferecem é a utilização do ar condicionado. Pegar uma estrada, num calor que até o asfalto derrete é algo que ninguém que encarar, e uma forma de amenizar esse sofrimento é utilizar o ar condicionado do veículo, que ameniza o calor, deixando o carro com um clima agradável.

Acontece que nem todos os veículos possuem ar condicionado, embora seja estranho dizer isso. E, aqueles que possuem, são manuais. A grande discussão sobre a utilização do ar condicionado se dá pelo fato de uns veículos terem a opção automática, enquanto outros oferecerem apenas a manual. E aí, qual é a melhor opção?

É para isso que estamos aqui e queremos te ajudar a entender melhor esse processo, informando qual deles é o melhor. Fique por aqui e saiba mais sobre eles.

Comparando e conferindo

Um dos grandes problemas dos motoristas é que eles, ao quererem ajustar a temperatura do ar condicionado, precisam desviar um pouco a sua atenção do trânsito. Provavelmente, você leitor, deve passar constantemente por essa situação. Esse caso é mais comum, pois a maioria dos ares condicionados encontrados nos veículos são manuais, o que remete a este tipo de ação.

Tirando isso, a qualidade entre eles é a mesma. No quesito entregar uma melhor temperatura, ambos não apresentam diferença entre eles. Os dois fazem uso das mesmas peças, do mesmo sistema de refrigeração. Importante que tenham a manutenção em dia, pois assim, entregarão a mesma qualidade. A diferença entre eles se dá no ajuste da temperatura.

No ar condicionado manual, você tem até quatro níveis de velocidade do ar, e uma graduação que parte do menos para mais frio. O motorista opta por uma, de acordo com o que está sentindo, e dessa forma, deixa o ambiente mais agradável. O grande problema é quando o veículo sofre com algumas mudanças de deslocamentos, passando por ambientes mais quentes ou mais frios.

Já no ar condicionado automático, o motorista irá optar por uma temperatura. Uma vez selecionada a temperatura, o ambiente interno ficará nessa temperatura. Os sensores internos irão identificar a temperatura e farão a troca de ar para deixar da forma que o usuário quer. Independente do local onde o carro estiver, seja num calor infernal ou numa geleira descomunal, a temperatura uma vez escolhida, seja mantida.

Mesmo que ele possa ter até 10 opções de velocidade de ventilador, isso em nada influenciará na temperatura interna nos carros que possuem o ar condicionado automático. A velocidade, nesse caso, só irá mudar a troca de ar interno, acelerando ou não a sua mudança.

Isso significa que, se você escolher 23 graus em um carro que está há bastante tempo sob o sol, a velocidade do ventilador só vai interferir no tempo em que será necessário para o ambiente interno chegar aos 23 graus. Quanto mais forte for a força do vento, mais rápida a temperatura exigida será alcançada e, uma vez alcançada, ela se mantém constante.

Portanto, o grande lance do ar condicionado não é sobre melhor ou pior, mas sim, escolher aquele que mais se adequa à sua necessidade.

Leia Mais

Ford Territory – Conheça o modelo!

 

Todo homem pensa no bem-estar da sua família. Isso se faz claro quando ele opta pelo tipo de veículo que ele compra para levá-la aos lugares. Uma coisa que todos podem perceber e que o conforto e a segurança estão sempre sendo priorizados para aqueles que compram ou querem comprar um novo carro.

E, quando você tem a opção de escolha, evidentemente você optará pelo melhor. Seja na sua opinião, ou na opinião de conhecedores do assunto. Para te apresentar um grande carro, elaboramos este texto para que você conheça um carro que certamente ficará com vontade de comprar. Ele é o Ford Territory e você saberá tudo sobre ele!

Conhecendo o Ford Territory

Uma das gratas surpresas da Ford para o ano que vem, o modelo Ford Territory foi projetado numa parceria junto à Jiangling Motors Corporation, tendo sido apresentado primeiramente na China, e está enquadrado no mesmo segmento que há dois anos é dominado pelo Jeep Compass.

O veículo tem grandes chances de ser importado e, até mesmo, ser produzido, ou no Brasil ou na Argentina. Sendo um SUV que impõe respeito, o Territory faz parte de uma estratégia mundial da Ford.

Cheio de vincos, o modelo é bem parecido com o EcoSport e o maior Escape, mesmo este modelo não sendo um veículo da Ford. Seus faróis iluminados em LED se juntam às luzes de rodagem diurna no para-choque. As laterais possui um destacado visco ascendente.

Já o seu teto possui um efeito em arco flutuante, graças às colunas com os vidros traseiros com vidros espia embutidos e molduras escuras. As lanternas na posição horizontal se acentuam na largura, além de contar com uma iluminação em LED.

O Territory possui alguns auxiliares para a condução que permitem ao motorista ter mais praticidade enquanto está dirigindo. Com isso, ele contará com um cruzeiro adaptativo, alerta de colisão, assistente de ponto cego e de manutenção de faixa, além de um sistema de baliza automática que contém uma câmera que atua em 360 graus.

É importante ressaltar que a versão do Territory que foi apresentada pela Ford foi a top Titanium, que possui um acabamento de couro perfurado nos bancos e macio nos painéis de porta, além de detalhes de madeira. Possui uma central de multimídia que tem 10,25 polegadas. Ainda tem uma iluminação indireta e teto-solar panorâmico.

A sua plataforma oferece um bom espaço, com 4,58 metros de comprimento e 2,71 metros de entre-eixos. É uma distância maior se comparada ao do seu concorrente direto, o Jeep Compass, que possui 2,63 metros.

O seu motor é fabricação da própria Ford. Ele é o novo modelo 1.5 EcoBoost, que é uma versão turbinada que conta com injeção direta do novo 1.5 Dragon do EcoSport e Ka, que possui 145 cavalos de potência. O seu câmbio é automático.

Pelo menos por enquanto, apenas na China o modelo terá uma configuração híbrida e outra do tipo plug-in, que é um híbrido que pode ser carregado na tomada.

Leia Mais

Freios ABS são mais seguros?

Infelizmente, não são todos os motoristas que se preocupam com a segurança no trânsito e acabam não respeitando todas as leis que fazem parte desse meio tão importante para todos.

Com isso, é cada vez maior o número de acidente4s de trânsito ano após ano, pois não existe, por parte de alguns motoristas, o devido cuidado, não só com o seu veículo, como também para outros que fazem parte do trânsito, seja na estrada, na rodovia ou numa via principal.

Para aumentar o cuidado e a segurança no trânsito, foi desenvolvido um tipo de sistema de freio, chamado ABS, que é mais seguro. Você já ouviu falar sobre ele? Sabe como funciona? Será que ele é realmente tão seguro como dizem? São essas questões que iremos abordar ao longo deste texto.

Frios ABS

Desde o ano de 2014, os freios ABS foram obrigatoriamente inseridos em todos os veículos fabricados no Brasil, justamente por terem se tornado uma referência em relação aos tipos de frenagem encontrados nos mercados.

Sendo considerado o mais seguro sistema de freio existente, ele é um item indispensável para os nossos carros.

Agora, você sabe como ele funciona? Entenda a partir de agora.

Para início de conversa, o termo ABS vem do inglês, Antilock Breaking System, que numa tradução livre seria Sistema de Freio Antitravamento. Sua principal função é, sempre que os freios forem acionados, impedir que as rodas do veículo percam contato de tração com a superfície da estrada.

Com isso, eles irão impedir que o veículo derrape e, sem controle, siga rua abaixo. Existem ainda outros fatos, mais voltados para as freadas repentinas, bruscas, que impedem com que haja uma colisão com o veículo da frente. O sistema de freio ABS faz com que o veículo tire o máximo de proveito do atrito estático criado com o chão.

De uma forma geral, existem vários modelos de freios ABS, mas a sua composição se dá de forma simples. Num todo, são quatro componentes: os sensores de velocidade, a bomba, as válvulas e a unidade controle. Cada um possui uma função específica para fazer com que o sistema ABS funcione de forma perfeita.

Entretanto, os sensores acabam tendo um destaque maior entre os componentes, pois é a partir deles que os comandos são direcionados para outras partes do sistema. Como exemplo, os sensores de velocidade estão localizados em cada uma das rodas e, além de monitorar a rotação do veículo, indicam para a unidade de controle quando os pneus estão prestes a travar.

Na sua essência, os freios ABS são travas que possuem um sistema de frenagem único que evitam que o veículo derrape.

Por que os freios ABS são considerados os melhores e mais seguros?

Se antigamente, o sistema de freio dos veículos antigos se dava por disco, o fato de serem através do sistema ABS, se dá, principalmente, porque quando são acionados bruscamente, não fazem o veículo derrapar.

Com isso, os freios ABS simulam o comportamento de um motorista experiente, fazer a frenagem de forma gradual, sem perder o controle do veículo. Isso se dá, inclusive, em veículos que estejam transitando por pistas molhadas.

É por isso que o freio ABS, além de ser melhor tecnologicamente falando, ele corrige os possíveis erros humanos na hora de frear o veículo.

Leia Mais

Novo VW Tiguan

Se você está à procura de um veículo que lhe atenderá em todos os quesitos, que fará com que você esteja seguro, assim como todos os componentes do veículo, se você quer que a sua família possa viajar de forma confortável e espaçada, você tem que parar um pouco e observar o novo Tiguan.

A Volkswagen fez questão de dar uma repaginada no modelo, oferecendo a ele um ar mais esportivo, com inovação tecnológica e sem precedentes em sua categoria. E mais: é o primeiro modelo SUV a ser vendido no país desenvolvido sobre a Estratégia Modular MQB.

O modelo é apresentado nas configurações com cinco e sete lugares e é o primeiro modelo SUV da Volkswagen no Brasil com essa capacidade.

Quer conhecer mais sobre ele? Fique por aqui.

Conforto

Você pode optar pela versão de 7 lugares, a fim de que possa levar toda a família em viagem contigo. Os assentos da segunda e da terceira fileiras são rebatíveis individualmente, o que permite que você configure de diferentes formas, acomodando os passageiros e as bagagens da melhor forma.

Com o teto solar panorâmico, você tem mais liberdade em todas as direções, pois ele recria um ambiente mais agradável, com luz ambiente, o que permite que todos dentro dele possam apreciar o céu. Com dois painéis de vidro, sendo o de trás fixo, na parte de dentro ele possui uma persiana, que funciona com comando elétrico, o que dá mais conforto e conveniência.

O Climatronic oferece a você a possibilidade de escolher a sua temperatura favorita, de forma automática, sendo ajustada conforme o seu gosto.

O Easy-Open te oferece a conveniência e a praticidade de abrir o porta-malas com um sensor que fica localizado embaixo do para-choque traseiro. Para abrir, basta você passar o pé debaixo do para-choque, o que fará com que ele se abra automaticamente. Já para fechar, só se distanciar do veículo. Ah, e só para constar, o porta-malas possui capacidade para 1.761 litros.

Tecnologia e Conectividade

Feito especialmente para se adaptar a você, o Active Info Display substitui o painel de instrumentos analógicos por uma tela digital de alta resolução 12.3”, que exibe gráfico de 2 e 3D. Já a Discover Media, é a central multimídia que possui o entretenimento que você deseja. Com uma tela de 8 polegadas Toutchsreen, é uma das maiores do segmento, e está presente em todas as versões do Tiguan.

Desempenho

O Motor TSI dá o toque e a precisão que irão te surpreender. Os motores TSI vão além do que você imagina. Com duas opções, o 250 TSI Total-Flex combinado com a transmissão DSG de 6 velocidades e a versão R-Line é equipada com o 350 TSI atrelado à transmissão DSG de 7 velocidades e tração integral 4MOTION.

Preços e Versões Tiguan

O Tiguan se apresente em três versões diferentes, que são elas:

Novo Tiguan Allspace, encontrado no valor de R$ 124.990,00;

Novo Tiguan Allspace Confortline, que está no valor de R$ 149.990,00;

E o Novo Tiguan Allspace R-Line, que custa R$ 179.990,00.

Leia Mais

Gol ganha versão híbrida e elétrica!

Um dos veículos mais amado do Brasil, o Gol ganhará uma versão híbrida e elétrica. Isso porque, conforme o tempo vai passando e a tecnologia avança de modo assustador, nada mais justo do que as montadoras também se adequem às tendências, o que acaba facilitando a vida do motorista, no final das contas.

E o Gol, sendo um veículo popular que há muito tempo está no mercado, não poderia deixar de ser visto com outros olhos.

E sendo uma promessa da Volkswagen, o modelo ganhará versões mais fortes, diferentes, como a híbrida e a elétrica. Fique por aqui e saiba mais sobre essa novidade.

Novas versões do Gol

A Volkswagen, montadora responsável pela produção do Gol, informou que tem como objetivo oferecer até o ano de 2030, pelo menos um modelo de carro com opção 100% elétrica ou híbrida.

E tem mais, todos os 300 veículos do grupo terá um modelo de combustível que não é a que está sendo utilizada nos dias atuais, como os combustíveis fósseis. E em 13 anos, a tendência que esses modelos sejam, cada vez menos, produzidos. E, segundo a montadora, até o ano de 2025, serão lançados 80 modelos “verdes”, ou seja, modelos que não poluem, sendo destes, 50 totalmente elétricos, e 30 híbridos.

A empresa tem como meta investir cerca de 20 bilhões de euros nessa nova fase da produção dos carros.

Acontece que os modelos de veículos que estão sendo produzidos já não condizem mais com todas as condições de segurança que o mundo está necessitado. Com isso, abrir os horizontes para verificar novas possibilidades fez com que a Volkswagen olhasse com outros modelos para os modelos híbridos e elétricos.

E, antes da versão do Gol híbrido e elétrico chegar ao país, a montadora confirmou que o primeiro modelo desse porte a chegar ao Brasil será o Golf: a versão híbrida GTE e o veículo 100% elétrico e-Golf.

E, para já ir conhecendo como o Gol poderá ser produzido e apresentado, confira como virão as versões do Golf híbrida e elétrica:

Golf GTE – com uma pegada mais esportiva, com o visual do GTI com economia de combustível, o modelo Golf GTE é o grande híbrido da família. Apresentado com o motor 1.4 TSI aliado a uma propulsão elétrica que, funcionando juntos, rendem 201 cavalos. Com as baterias totalmente recarregáveis, ao serem colocadas no período de 3 horas e 45 minutos na tomada comum, o modelo GTE é capaz de roda 50 quilômetros sem utilizar o motor à gasolina.

e-Golf – esse será o primeiro modelo de carro elétrico da Volkswagen a ser vendido no país. Sendo diferente do modelo GTE, que contará com um motor a combustão e um elétrico, o e-Golf será totalmente movido a eletricidade. Segundo a montadora, a sua autonomia total declarada será de 300 quilômetros. Ao ser lançado no país, o e-Golf será o modelo de carro mais caro da linha do Golf.

E, com isso, cria-se a expectativa de que o Gol possa ser o mais novo modelo híbrido e elétrico da Volkswagen.

Leia Mais

Insulfilm – Os cuidados na hora de usar!

 

Hoje em dia, os veículos estão recebendo cada vez mais personalização por parte dos seus donos, o que faz com que eles se modifiquem ao longo do tempo.

Uma das grandes incrementações que são realizadas no veículo é a colocação de insulfilm, que é uma proteção, ou seja, um filme plástico usado para controlar a luminosidade nos vidros dos veículos.

Mas a grande dúvida que paira no ar são os cuidados que o motorista deve ter ao fazer uso desse serviço no seu veículo. Você sabe que cuidados são esses? Se não, fique por aqui e veja como realizar o procedimento de forma correta.

Cuidados com o insulfilm

O procedimento de instalação de insulfilm tem que ser baseado na lei de trânsito vigente. Com isso, os vidros laterais traseiros e dianteiros necessitam de luminosidade de 28%. Os vidros laterais dianteiros deve ter luminosidade de 70%, enquanto os frontais, 75%.

Uma vez que os vidros não estejam de acordo com a lei, é possível que o motorista perca cinco pontos na carteira, entre outras punições, que variam de acordo com o estado em que se encontra.

Muitas pessoas fazem uso do insulfilm para que possam ter mais privacidade, mas nos dias atuais, o tema segurança é o principal item. Existem diversas películas no mercado que possuem especificações diferentes que dão uma proteção contra o sol, conseguem manter a temperatura interna, reduzem os ruídos e até ajudam a criar uma barreira antivandalismo.

Para se ter uma ideia, algumas películas chegam a reforçar o vidro em até 18 vezes, protegendo o motorista e os passageiros de estilhaços contra impactos, além de bloquear em 99% os raios UV.

Aplicação do insulfilm

A aplicação do insulfilm deve ser feita e, oficinas legais e credenciadas. Além de mão-de-obra qualificada, a qualidade do filme deve ser boa para que se evite o surgimento de bolhas ou que ela descasque. De uma forma geral, o insulfilm dura cerca de cinco anos. É esse o prazer de garantia que alguns fabricantes oferecem para alguns tipos de películas.

Para começar a instalação, é necessária uma limpeza nos vidros, com água e sabão. Após a aplicação, é preciso deixar o veículo parado por cerca de 3 dias, para que a cola possa secar e o insulfilm fixar no vidro. Além disso, o motorista deverá ficar 5 dias sem utilizar o desembaçador.

O preço para a instalação fica entre R$ 100,00 e R$ 160,00, dependendo apenas da quantidade de portas do veículo e do tamanho dele.

Os tipos de insulfilm e suas utilizações

Os tipos de insulfilm e as suas usabilidades são:

G5, que é escuro, sendo permitido apenas nos vidros laterais. É proibido no para-brisa;

G20, é o intermediário, onde os vidros laterais ficam com mais claridade;

G35, que é a película clara, sendo a mais solicitada para os para-brisas;

G50, é o insulfilm mais claro de todos. A sua função é fornecer uma melhor visibilidade para o motorista e as pessoas de dentro do veículo, além de bloquear alguns raios de sol.

Leia Mais

Perua Volvo V60 – Tudo sobre ela!

Um veículo para a família. Assim pode ser descrita a nova Perua da Volvo. Ela é espaçosa, excelente, confortável, ótima para ser dirigida, ou seja, é um carro que foi feito para toda a família: o motorista adora dirigi-la, a mãe se sente confortável, os filhos ficam seguros e toda a bagagem é facilmente carregada nela.

Você, papai ou mamãe, está pensando em comprar um novo carro, pois a família está aumentando? Observe as características da Perua Volvo V60 e tenha a certeza do que você quer!

Características

Um modelo elegante, esportivo e versátil. Assim pode ser definido o novo modelo de Perua da Volvo. Conhecido como V60, ele é a nova era das Station Wagons, desenvolvido para que você e toda a sua família possam aproveitar ao máximo todos os momentos juntos. Com um chassi que impõe respeito, seus motores poderosos e a opção de escolher a melhor condução, o modelo empolga qualquer um.

Seu interior com um design escandinavo combina diretamente com a tecnologia inteligente para criar um ambiente que fará você aproveitar ao máximo o tempo. Recheado de qualidades, tanto dentro quanto fora, o modelo é facilmente descrito e percebido como simples e elegante. A Volvo atua há mais de 60 anos para criar modelos que ajudam as pessoas. E é essa visão que a Perua Volvo V60 tem e oferece.

Destaques do Volvo V60

O carro, por si só, é um grande modelo e faz com que o seu dono tenha todo o prazer e orgulho em tê-lo. E a prova disso são os destaques que o veículo possui. Observe os destaques do carro e tenha também a sensação de estar num grande carro.

Motor T5

O motor com 254 hp, 4 cilindros e 350 N.m de torque garante ao modelo uma performance que vai além do que se espera. É forte e capaz de levar a todos para além do seu caminho.

Design único

De todos os veículos encontrados no mundo, o design desenvolvido para o Volvo V60 é único. Com isso, você não verá nenhum outro modelo sequer parecido com esse. E tem mais: o seu design foi feito para agradar a todas as gerações.

Cinco lugares

Com cinco assentos de apoio para deixar confortável todos os passageiros do veículo, é o modelo de carro feito para a família. Agradando a família e para a família. Ninguém fica de fora nele. Para se ter uma ideia, o encosto traseiro dobrável possui uma útil divisão de 60/40. Como opção, um encosto dobrável é operado eletricamente.

Espaço para todas as cargas

Mostrando ser o carro ideal para a família, o V60 tem um grande espaço em seu porta-malas, comportando um volume total de 529 litros.

No próprio site da Volvo, o cliente pode personalizar o modelo do V60. Configurando com os acessórios e detalhes que deseja, o carro feito para você e a sua família fica ainda mais com a cara do dono.

Com valores partindo de R$ 190.950,00, o carro da família está pronto para ser seu!

Leia Mais

Câmbio automático x Manual – Qual melhor arranque?

Geralmente, os gostos para carros variam muito de pessoa para pessoa. Existem aqueles que gostam de veículos com motores fortes, onde possam acelerar e ficarem leves na estrada. Já outros, não usam tanto do carro e preferem se manter na velocidade da pista.

E, como os gostos variam demais, essa mesma situação se apresenta quanto à predileção nos câmbios dos veículos: enquanto uns optaram para o câmbio automático, outros já escolherão o câmbio manual. E, pensando nessa grande questão, este texto está sendo elaborado para poder te ajudar, informando qual deles possui o melhor arranque e, consequentemente, te ajudando a escolher, caso você fique na dúvida quanto aos dois na hora da compra.

Fique por aqui e saiba um pouco mais sobre esses dois câmbios.

Câmbio por câmbio

O câmbio faz parte do sistema de transmissão do veículo, juntamente com o volante, a embreagem e o eixo de transmissão. E é o câmbio quem permite que o motor dê a força motriz para as rodas, com a intensidade variando de acordo com a necessidade.

Sendo uma das peças mais importantes do carro, e tendo diversas opções disponíveis no mercado, muitas pessoas, na hora de comprar um veículo, ficam na dúvida sobre qual tipo de câmbio escolher. Com isso, antes de dizer sobre qual tem o melhor arranque, é importante saber as informações sobre cada um deles.

Observe-os abaixo:

Câmbio manual – é o câmbio que deixa o veículo mais esportivo, sendo melhor nas ultrapassagens e é aquele que possui diversas peças de reposição. Seu preço de manutenção é mais em conta, mas necessita de mais manutenção do que os outros tipos de transmissão.

Esse câmbio exige mais do motorista, é mais cansativo e, uma vez que a marcha é utilizada de forma errada, pode consumir ainda mais combustível, queima da embreagem e prejuízo ao motor. Ele é ideal para as pessoas que moram em locais onde não há trânsito e gostam, sentem prazer em dirigir.

Câmbio automático – tem uma maior durabilidade, é mais confortável e seguro. Entretanto, a sua manutenção tem um valor mais alto, e consome mais combustível que o câmbio manual. Um exemplo é que, quando se encontra na ladeira, o carro pode ser retido acionando apenas o acelerador. Ele não desce. É preciso que o filtro e o óleo do câmbio sejam trocados periodicamente, além de mão de obra especializada.

Agora sim, qual deles tem o melhor arranque?

Para responder a essa pergunta, o modelo, da proposta e até mesmo do teste de desempenho que é realizado.

Se fosse antigamente, seria fácil responder a pergunta, e a escolha seria, sem erros, no câmbio manual. Eles eram mais rápidos, possuíam o arranque melhor que o automático. Tinham a caixa de marcha mais leve e as trocas feitas pelos motoristas eram mais rápidas.

Entretanto, a evolução das caixas automáticas e a popularização da dupla embreagem permitiram que esses sistemas superassem a velocidade dos sistemas manuais na maioria dos modelos.

Hoje, para escolher um, seria o automático, que, quando acionada a aceleração, o câmbio, de forma automática, reduz uma ou duas marchas, procurando obter o melhor desempenho.

Leia Mais